Gregorio Duvivier ironiza a censura e o Governo Bolsonaro em audiência no STF

Nesta segunda-feira (04), uma audiência pública no Supremo Tribunal Federal (STF) discutiu o decreto do governo Bolsonaro que transferiu o Conselho Superior de Cinema do Ministério da Cidadania (que absorveu a antiga pasta da Cultura) para a Casa Civil.

No encontro, o humorista Gregório Duvivier ironizou os censores e o diretor da Funarte, Roberto Alvim, que censurou uma peça teatral em São Paulo e recentemente chamou Fernanda Montenegro de “bruxa”.

| Ajude a financiar este canal: https://ift.tt/2PYFwJp